Programa Saber Cuidar

A criação do Programa saber Cuidar é uma resposta à constante e crescente elevação dos custos assistenciais acima dos índices de inflação geral percebida em todo o sistema de saúde suplementar e também no Pro-Saúde, que acaba por comprometer a cada ano uma parcela maior da renda familiar de nossos usuários, bem como pressionar os resultados das empresas patrocinadoras do Plano, o BDMG e a própria Fundação. Com o novo Programa a Diretoria Executiva da Desban fortalece a gestão ativa do nosso plano assistencial admitindo como novos pilares a prevenção de doenças e mitigação de riscos associados a elas através da promoção e atenção primária à saúde, bem como o incentivo à auto-gestão da saúde pelos usuários, por meio de programas de educação continuada capazes de propiciar uma efetiva mudança de comportamento dos seus usuários.

Iniciado em 2014, o Programa utilizou como principal direcionador para a elaboração de suas políticas e ações, o Perfil Epidemiológico dos usuários do Pro-Saúde, elaborado por uma empresa especializada após coleta e avaliação dos dados clínicos e de utilização de todos os usuários do Pro-Saúde nos últimos três anos. O perfil mapeou os principais riscos à saúde existente em nossa população – como a incidência de doenças crônicas, por exemplo – e identificou os indivíduos mais expostos a estes riscos.

Em decorrência deste diagnóstico, em meados de 2015, o Programa – agora denominado Saber Cuidar – lançou duas frentes de atuação: a primeira, com o apoio da Clínica Mais 60, prioriza o acolhimento e acompanhamento individual de uma parcela da nossa população por meio do cuidado de profissionais da área de saúde de diversas especialidades. A segunda, baseia-se na disponibilização de um portal digital especializado, o Comunicare, que contará com matérias sobre temas de interesse, interação com profissionais de saúde para esclarecimentos de dúvidas, dentre eles médicos e enfermeiros, além de uma ferramenta para inserção de resultados de exames que compila os dados, compara resultados de períodos diferentes e alerta o usuário quanto à necessidade de realização de novos exames em determinado tempo ou, se for o caso, da necessidade de procurar um especialista.

Para que todas essas ações alcancem seus objetivos esperados é fundamental a sua adesão, comprometimento, participação e divulgação aos familiares e colegas de trabalhos. Afinal, mais que redução de custos assistenciais e, consequentemente, de reajustes das contribuições, o objetivo principal é a saúde e o bem-estar, a sua e das pessoas que mais lhe importam. E ninguém melhor que você mesmo para nos ajudar a alcançá-lo.


Acesse agora mesmo o portal Comunicare e saiba como cuidar melhor da sua saúde!